A Magia do Artesanato -Parte 1

Atualizado: 6 de Mai de 2020


Queridas leitoras,

Há dias estou pensando em direcionar meus artigos para o artesanato de uma forma mais ampla, prestigiando não somente as mandalas, mas todos os trabalhos manuais e todas as artesãs.

Artes plásticas, artesanatos e trabalhos manuais têm conceitos diferentes, então selecionei um entendimento comum e básico:

  • Artes plásticas = Normalmente ligadas a algum tipo de expressão ou sentimento, nem sempre têm objetivos financeiros ou função prática.

  • Artesanatos = Técnica manual que agrega significado cultural, são objetos feitos a partir de matéria-prima natural. Considera-se artesanato todo trabalho manual, onde mais de 70% da peça foi fruto da transformação dessa matéria-prima pela própria artesã, exceto quando reciclados.

  • Trabalhos manuais = Habilidade de decorar, pintar, colar, entre outras... Por exemplo: quem faz a caixinha de MDF é a artesã, a pessoa que decora esta caixinha se enquadra no conceito de trabalhos manuais. Quem produz os fios manualmente por meio da lã ou da fibra é a artesã, pessoas com habilidades manuais tecem os tecidos, fazem o crochê ou tricô.

Hoje quero dar uma pincelada nestes conceitos e pedir licença, porque neste meio de comunicação tratarei todos os conceitos acima como ARTESANATO, pois vejo nesta definição tanto a manualidade, quanto a expressão dos sentimentos da artista que o produziu. Percebo um pouco de tudo em todos…


Veja que interessante! Normalmente uma artesã reflete nas suas obras, sua relação com o meio onde vive e também sua cultura e suas crenças, sendo considerada assim uma artista, pois seus produtos tornam-se verdadeiras obras de arte. Compreende? Quem sabe num outro artigo, podemos nos aprofundar mais neste assunto, mas agora consideramos todas nós que fazemos artes, artesanatos ou trabalhos manuais como sendo artesãs. Combinado?

Sendo assim, quero falar mais da prática do artesanato. Ele pode parecer uma atividade despretensiosa, que tem como único objetivo entretenimento, um hobbie, mas a verdade é muito maior.

Fazer artesanatos, sejam eles quais forem, trazem benefícios cognitivos e emocionais para todas as idades, veja alguns deles: desenvolvem a memória, a atenção, o foco, a coordenação motora, trazem sentimentos de pertencimento, tratam e previnem algumas doenças como Alzheimer, depressão e ansiedade.

Algumas pessoas consideram que o artesão decide ser artesão por falta de opção, mas eu considero umas das mais belas e corajosas escolhas profissionais que uma pessoa pode fazer.

Ela optou deixar falar a voz do coração! Mesmo quando a razão lhe dizia para seguir o curso natural da nova sociedade, que ainda busca a qualquer preço primeiramente a estabilidade financeira... (o que também compreendo e respeito).


Porém, sempre que eu vejo um artesanato, penso qual a história nele contida: talvez as mãos de uma mulher que provavelmente decidiu estar mais tempo em casa, com seus filhos, ou que precisou ficar em casa para cuidar de seus pais idosos, ou mesmo uma mulher que encontrou na arte uma forma de auxiliar na renda familiar; todas mulheres que decidiram auxiliar mesmo que inconscientemente na transformação do mundo, com suas habilidades criativas e manuais, expressando amor em pequenas peças de madeira, tecido, cerâmica, fibra, vidro, etc... Pois neste mundo são infinitas as possibilidades…


Hoje, neste mês dedicado às Mães, espero poder te inspirar a criar algo com as próprias mãos…

Inovar sua rotina e também, se puder prestigiar esta nobre classe de artesãs investindo e adquirindo suas obras de arte – que não podem ser expostas fisicamente nesta quarentena, mas tenho a certeza de que pesquisando neste nosso amado estado e país encontraremos belíssimas formas de presentear com arte!


O amor pode ser embalado para presente e encaminhado pelo correio. Acredite!


83 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo