Aprendendo a empreender


Há dias que não escrevia um artigo e talvez por esta razão me cobrei ainda mais escrever algo que pudesse ser realmente relevante. Dentro deste contexto por diversas vezes me lembrei de pessoas como eu que vivem do artesanato ou que buscam nele uma fonte de renda extra, imaginei as dificuldades que talvez possam estar atravessando. Portanto, o artigo de hoje é destinado para pessoas que buscam no artesanato uma fonte de renda. Se você já é artesão ou pensa em se tornar um com este objetivo, este artigo pode ser muito interessante para você.


Atualmente vivemos um cenário de crise devido à pandemia de COVID. Todas estas medidas de isolamento social, trouxeram um forte impacto em nossa economia, fazendo um movimento em todas as áreas de negócios. Desde grandes empresários até as empresas individuais, profissionais liberais, autônomos, entre outros, todos estão se reinventando para se adequar a uma nova realidade que não tende a passar rapidamente.


Algumas pessoas estão buscando no artesanato ou nos trabalhos manuais uma maneira de trabalhar em casa e sustentar a sua família. Outras pessoas já eram artesão porém o que sabiam era comercializar seus produtos em pequenas feiras, exposições ou no porta a porta, opções de venda que deixaram de ser comum em tempos de pandemia. O que fazer então?


Viver do artesanato é sim uma boa oportunidade de prover o sustento da família, porém o desafio tornou-se para alguns um pouco maior, mas existe sim um caminho de transformar os tempos de crise em tempos de prosperidade. O segredo é sair da famosa zona de conforto e aprender a empreender. Neste novo cenário os ventos estão soprando a favor daqueles que estão disposto a voltar a estudar, que estão dispostos a se reinventar e encontrar as facilidades que as novas formas de comércio podem oferecer. É neste tema que vou focar este artigo, a importância de se aprender a empreender?


É muito, mas muito comum vermos artesãos e artistas até bem conhecidos, mas que no máximo conseguem sobreviver de sua arte, porque não sabem como empreender seu produto ou mesmo seu serviço, na maioria das vezes não dominam a base do seu negócio, não fazem a menor ideia do valor da sua arte, não sabem como formar preços, quais seus reais custos, qual valor da sua hora trabalhada, não têm planejamento financeiro, nem planejamento de produção, divulgação ou venda, enfim precisam se inserir de forma mais focada no seu próprio negócio, para então tornarem-se empreendedores, pois este é o melhor caminho para se alcançar sucesso especialmente em tempos de crise. Empreender significa saber identificar oportunidades e transformá-las em algo lucrativo, porém para fazer isso com seu produto é preciso que você tenha o mínimo de conhecimento de formas de organização e planejamento.


O bom empreendedor é organizado, criativo, corajoso e inovador, é aquele que consegue enxergar além da crise. Agora me diga, como isso é possível quando você está se afogando em meio a desorganização?


Então querido artesão o primeiro passo é você tomar ciência do seu próprio negócio antes de seguir em frente às vezes até se iludindo com “falsos lucros”. Comece respondendo às seguintes perguntas:


1) Qual o Custo do meu produto? Faça um levantamento das matérias primas para confecção do seu produtos e dos custos administrativos. É muito comum quem trabalha em casa às vezes se esquecer destes custos, não levando em consideração por exemplo despesas com água, luz e telefone.


2) Qual o valor de sua mão de obra? Quanto deseja ganhar por mês? Para ter esta renda quanto precisa produzir? Quanto as horas por dia precisará trabalhar?


3) Quais os custos de embalagem? Custos com a empresa operadora do cartão? Custos de entrega?


4) Qual o seu estoque real? O que pode ser reaproveitado? Atenção a este item, não é hora de desperdício de nenhuma espécie, seja criativo, utilize e reutilize seu material.

Com bases nestas perguntas você poderá fazer seu planejamento mensal, poderá calcular de forma mais segura o preço mínimo dos seus produtos, compreenderá mais amplamente seu negócios, podendo se desenvolver como empreendedor de si mesmo. Em posse desta disciplina e desta organização, vem o segundo passo aprender a empreender de forma online. Como divulgar seus produtos através do celular e das redes sociais? Quais as formas de fazer uma catalogo e disponibilizar a seus clientes?


Quero também contribuir neste sentido, mesmo que você se considere uma pessoa leiga no quesito mkt digital, acredite existem formas bem simples de você divulgar com qualidade e eficiência o seu produto. Um destes meios é o catalogo oferecido gratuitamente pelo Whatsapp Business. Pesquise e verá como é simples levar seu produtos a todos os seus contatos.


Enfim, a minha mensagem para você que quer viver do artesanato, aprenda a empreender, lembre-se querido artesão, precisamos sempre estar nos desenvolvendo como artistas, mas na mesma medida precisamos nos desenvolver como administradores, gerentes financeiro, diretores de produção e MKT, pois somos todos estes departamento e todos eles são essenciais ao nosso sucesso. Busque pessoas que possam te auxiliar em área que se considere mais limitado, mas não negligencie em nenhuma destas áreas. Eu sei que é bem desafiador, mas também é maravilhoso a oportunidade que temos de crescimento.




68 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo