Mulheres que inspiram


Na semana passada eu estava bem introspectiva, refletindo e agindo com atenção em quase todos os momentos do meu dia. Tive sonhos e me lembrei deles durante o dia, senti e vi coisas que há meses não percebia com tanta clareza.


Nesse movimento introspectivo eu resolvi me calar. Eu me permiti apenas observar e sentir, refletindo a respeito de tudo que acontece. Os dias se passaram e uma nova fase da lua chegou. Lua crescendo e dentro de mim comecei a sentir o movimento transformando aos poucos.


Me vi mais falante, conseguindo me expressar com mais facilidade e agradecendo pela pausa que minha mente teve para um novo despertar de mim.


Ao longo da semana recebi os convites para ler os artigos das mulheres que participam desse abençoado projeto Sra. de si e me senti inspirada por elas a me expressar. Depois de um alinhamento da mente, coração e útero, senti os efeitos e resultados do trabalho interno que fiz em mim e pude buscar nessas mulheres o que eu precisava para essa nova fase.


Fiquei admirada de ler os artigos com tantos assuntos sintonizados com meu próprio movimento interno. Estamos realmente todas ligadas, não é mesmo? Mesmo sem dizer uma só palavra a respeito do que se passava dentro de mim e estando a milhares de quilômetros de distância essa sintonia incrível se apresentou. Deliciosas coincidências foram colhidas, para quem acredita em coincidência. Eu vejo nisso o campo morfogenético que costura a linha das possibilidades em nossos destinos fazendo seu primoroso trabalho através da minha vibração energética e afinando meu instrumento intuitivo com tanta destreza.

Para essa semana eu trouxe então esse compartilhar de mim mesma. Como o banquete de uma grande festa, meu coração se prepara para a lua cheia colocando no mundo as ações que plantam amor, prosperidade, harmonia e união.


Sou grata pela vida e seu movimento perfeito que me presenteia e ensina. Faço aqui um registro pessoal de um acontecimento cotidiano que muito me alegrou e que já era esperado há dias.


Meu bebê começou a andar sozinho, praticamente correndo já de tão hábil. E com esse gesto minha esperança se renova, com a certeza de que assim como ele deu seus primeiros passos eu também estou dando os meus em direção ao meu propósito de vida. A alegria que ele sentiu com essa conquista é a mesma que eu sinto e que desejo a todos nós.


Gratidão por esse espaço de compartilhar existir e pela inspiração que cada uma das mulheres desse projeto é na minha vida.

Se você é inspirada por alguma mulher também, compartilhe com ela esse texto como um presente. Espero que um dia nossos caminhos se cruzem na espiral da vida.



31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ritmus