Onde é “fora”?


Gosto muito de começar meus artigos com uma pergunta, porque é exatamente assim que eles nascem em minha cabeça. Algumas vezes fico dias pensando o que neste momento é mais relevante eu escrever a respeito do artesanato e o que poderá contribuir de forma significativa com minhas amigas leitoras e fico observando os sinais e meus pensamentos.


Tinha algumas ideias do que escrever, mas ainda não tinha me decidido, até que esta manhã, quando abri os olhos, a primeira coisa que pensei foi: “Onde é fora?” Meditando, me lembrei que minha filha que faz o que pode pela preservação do meio ambiente, se aventurou neste fim de semana na sua primeira live, em homenagem ao dia 05/06 – Dia Mundial do Meio Ambiente. Considerei que realmente este tema é muito relevante e estou aqui também dando a minha parcela de contribuição, sendo grata a minha princesa pela inspiração.


Alguns motivos me trouxeram para vivenciar mais intensamente o mundo do artesanato. Entre eles, a oportunidade de estar mais perto de minha família e o grande leque de possibilidades que temos de servir por meio desta belíssima profissão. Uma dessas maravilhosas formas de servir é transformar o que antes era lixo em arte. Dar utilidade e beleza para o que antes era considerado feio e descartável. Os 3 poderosos R’s da sustentabilidade são muito presentes no DNA do artesão: Reduzir, Reciclar e Reutilizar.


Intuitivamente muitos de nós temos a dificuldade de jogar fora e acreditem, com o decorrer do tempo essa dificuldade aumenta. Aqui em casa ainda temos uma consciência extra com nome próprio (Vitória), nos lembrando de olhar com mais carinho para o lixo que produzimos. Há alguns meses falei do meu desconforto imenso de jogar fora mensalmente recipientes de shampoo, cremes, amaciantes, etc... E nossa consciência extra que também já estava muito incomodada, já vem encontrando soluções práticas e ambientalmente saudáveis. Este desconforto existe porque já estamos adquirindo um entendimento de que o que consideramos fora na verdade é dentro, dentro de um mesmo mundo, planeta e sistema.


Pensar que está produzindo lixo e jogando “fora” parece confortável, mas ao experimentar pensar diferente, vejo que estou jogando dentro, dentro da minha casa, dentro do meu quintal, as vezes um pouquinho mais distante de mim, mas ainda dentro do que Deus criou para ser nosso lar. Pense ainda que o que temos dentro influencia significativamente no que eu considero fora. Então sempre que você for jogar algo fora, pergunte-se: “Jogar fora, onde?” Se eu adquirir isso, o que será disso daqui um, dois ou seis meses?


Conforme nossos estudiosos do meio ambiente, o mais poderoso dos 3 R’s é o primeiro: Reduzir. Para que este R seja praticado precisamos nos tornar consumidores mais conscientes. Em tempos de COVID estamos realmente percebendo que precisamos de menos do que imaginávamos. Quantos pares de sapatos estão guardados sem uso, quantas roupas, passamos a fazer nossos alimentos, quanto lixo a menos estamos produzindo por isso, menos enlatados, menos vidros, menos embalagens, como resultado menos lixo produzido e mais saúde. Porque também estamos consumindo menos conservantes, aromatizantes e tudo que antes era tão comum em nossos armários dando uma ilusão colorida dos alimentos.


Está se aproximando uma data onde o consumismo é novamente incentivado, o que significa que mais e mais lixo será produzido. Queridas mulheres, lembram-se do nosso artigo anterior a respeito da criatividade?


Neste dia dos namorados podemos usar a nossa criatividade para presentear. Você pode tornar-se artesã por um dia e confeccionar uma linda lembrança, pode tornar-se escritora e escrever uma linda cartinha de amor, poder ser repórter e contar a história de sua vida a dois, registrando num vídeo, pode fazer um lindo mural de fotos ou um delicioso jantar, mas se ainda acreditar não ter tempo ou não ser capaz de fazer trabalhos manuais, existem super dicas de consumo consciente na internet, podem prestigiar pequenos produtores, artesãos, pequenos empreendedores, presentear com coisas que possam ser úteis e utilizadas por mais tempo.


Aproveite esta data para demonstrar seu amor para além dos seus olhos. A princípio pode parecer insignificante a sua atitude consciente, mas acredite vivemos num sistema onde as nossas ações negativas ou positivas tem um efeito dominó, elas reverberam tocando o coração de pessoas que nem conhecemos criando uma corrente de pensamentos e dentro da infalível lei do retorno, um dia receberemos tudo quanto plantamos, as nossas escolhas hoje são o que definem nosso destino.

Não estamos falando de salvar o planeta, estamos falando de salvar a nós mesmos de nossas próprias ações.


Gratidão imensa por mais esta oportunidade.




69 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo