Postura de Mãe


Olá flores!

Desejo que todas estejam bem e animadas com nosso terceiro artigo.

Anteriormente em Pilateando com Camila Schuck falamos sobre A ARTE DE ALONGAR, trazendo seus benefícios e alguns alongamentos para que possam realizar em casa. Estamos iniciando um mês que eu particularmente gosto muito que me emociona e enche meu coração de gratidão por saber que houveram mulheres guerreiras que construíram uma história de amor e dedicação para que a vida chegasse até mim. E, pude sentir toda essa força quando me tornei mãe também.


Não tenho tanta experiência nesse sentido pois até hoje tenho apenas uma menina, Maria Fernanda, que me trouxe a oportunidade de sentir um sublime amor e muito mais bençãos que não vou mencionar agora. Entretanto nem tudo são só flores nesse caminho da maternidade, a chegada de Maria, trouxe com ela um período de dedicação intenso que exigiu um pouco mais do meu físico. E, senti as as compensações posturais e por isso decidi falar a respeito da importância em cuidarmos de nossa postura durante atividades de vida diária nos cuidados com nossos pequenos. Sempre lembrando de prevenir posturas inadequadas e sobrecarregar as estruturas do sistema musculoesquelético, como aumento da cifose e sobrecarga na região da lombar.


Após a gestação comecei a sentir dores na coluna e percebi que estava passando muito tempo em uma mesma posição causando assim tensões musculares, uma vez que não tomava os devidos cuidados comigo mesma. Isso mesmo, eu fisioterapeuta, trabalho com isso diariamente, me via às vezes sem tempo ou sem atenção para praticar aquilo que ensinava. Por esse motivo, resolvi compartilhar com vocês dicas que podem auxiliar as mamães que tem filhos pequenos ou que estão no período gestacional.


  • Vamos iniciar com a amamentação:

- Para que seja um momento ainda mais especial além de posicionar o bebê de forma confortável busque sempre apoiar seus braços e as costas mantendo sua coluna encaixada ;


- Evite levantar de barriga pra cima, vire de lado e utilize os braços para dar o apoio necessário e levantar o tronco;

  • Durante as trocas de fralda e os banhos:

- Sempre se mantenha o mais ereta possível, trazendo o trocador e a banheira o mais próximo do quadril;


  • Evite carregar o bebê sempre do mesmo lado;

  • Quando for pegá-lo flexione os joelhos e mantenha a coluna ereta para não precisar dobrar tanto o tronco, o que força a coluna.

  • Tire um tempinho para se alongar.

Como é bom poder relembrar momentos tão preciosos de minha vida e compartilhar deste sentimento com todas vocês, espero que minhas palavras possam somar de alguma forma. Estar com vocês me fortalecendo e me faz querer buscar o melhor de mim.


Desejo que esse mês seja de boas novas!!!


43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo