Salve Rainha



Olá queridas leitoras a paz de Deus e o Amor de Maria, esteja com todos nós nesta linda semana que se inicia.


Graças a uma feliz coincidência de calendário aqui, no Brasil, duas datas afetivas e amorosas são celebradas hoje 12 de outubro: Neste dia é comemorado o dia da Nossa Senhora Aparecida e o dia das crianças que são o futuro do nosso País, assim lhes convido a elevar o pensamento a Nossa Senhora Aparecida mãe de Deus e Nossa Mãe, que está sempre de braços abertos para nos socorrer e interceder por nós em nossas necessidades.

Nada melhor do que pedir, nesse dia, que a Mãe Aparecida abençoe as crianças, e pedir que ela abençoe a nós que somos eternas crianças diante de Deus Criador.

Jesus Cristo, disse que para poder entrar no Reino de Deus era preciso ser igual uma criança. Jesus acolhia as crianças, as abençoava, trazia-as para o centro das conversas e a elas dava uma atenção especial. Ele sabia que a singeleza e pureza de uma criança é o reflexo do coração de Deus e que no olhar de uma criança podemos ver refletido o Céu.

Como eu sou devota de Nossa Senhora eu escolhi para essa semana a oração da “SALVE RAINHA” como forma de saldarmos nossa Mãe Santíssima e pedir a sua benção para nós e para todas as crianças do mundo.

Eu lhe pergunto! Você conhece essa oração?

Vem comigo, você vai conhecer umas das orações mais bela e profundamente humana já dedicada a Maria.

Vamos rezar!!!

Salve Rainha

Salve, Rainha, Mãe de Misericórdia!

Vida, doçura e esperança nossa, salve!

A vós bradamos, os degredados filhos de Eva;

a vós suspiramos, gemendo e chorando

neste vale de lágrimas.

Eia, pois, advogada nossa,

Esses vossos olhos misericordiosos

a nós volvei

e, depois desse desterro,

mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre.

Ó clemente! Ó piedosa! Ó doce sempre Virgem Maria!

Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,

para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Amém.

A história dessa oração gira em torno do monge chamado de Hermannus Contractus, escrita por volta de 1050, na Alemanha. A vida do Frei Contractus fora muito complicada, mas ele nunca desistiu de estudar e se aproximar de Deus, por isso com apenas 20 anos de idade já era monge e ainda um gênio estudando diversos livros, desde astronomia até matemática e teologia. Assim, foi o autor que escreveu o Salve Rainha, dedicava toda sua fé elevando a oração para os céus.

A Salve Rainha é uma oração sublime muitíssima antiga, e que possui uma coerência em seus versos e nos proporciona uma facilidade do entendimento.


1- Em sua introdução, invocamos a Virgem Maria como soberana Mãe de Deus e nossa;

2- em um segundo momento nos mostra as nossas fragilidades e dores.

3- Em seguida nos ensina a pedir auxilio e amparo.

4- E conclui com uma Saudação final.

Agora lhe convido a entender cada parte dessa oração que eu considero uma súplica de louvor e agradecimento a Maria, onde eu vejo que é uma homenagem que prestamos a Maria, rainha do céu e rainha da humanidade.

*Salve Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve!*

Na oração encontramos a palavra “salve”, que expressa uma saudação a Maria, seguida pela palavra “rainha”. Esta palavra não quer dizer que Nossa Senhora é uma autoridade, alguém que está em posição elevada, mais distante, como as rainhas da terra. Maria é vida, é doçura, é esperança. Maria é aquela mãe a quem podemos procurar em todos os momentos de nossas vidas, que sempre nos socorrerá com amor, com misericórdia. Cheios de confiança e certeza nós saudamos novamente.

*A vós bradamos, os degredados filhos de Eva*

Com essa frase você pede que Maria o auxilie. “Bradar” quer dizer pedir socorro, suplicar; e “degredados” são aqueles que não têm liberdade, que vivem afastados de sua gente, de seu país, que são oprimidos. Maria, a mãe que a trindade nos entregou. Maria que disse “sim” a Deus. Eva, como você já deve saber, foi a mulher de Adão. Os dois formaram o primeiro casal humano criado por Deus. Como Eva deu origem a toda a humanidade, nós também, indiretamente, somos filhos dela.

*A vós suspiramos, gemendo e chorando, neste vale de lágrimas.*

Continuando sua prece a Maria, você diz que deseja muito o seu auxílio (suspiramos por ele). Como na Terra não estamos tão bem quanto estaríamos se estivéssemos definitivamente junto a Deus, falamos palavras tristes como “gemer”, “chorar” e “vale de lágrimas”. São as dificuldades, as dores, as tentações, que muitas vezes estamos sujeitos a enfrentar em nossas vidas.

*Eia, pois, advogada nossa,*

“Eia” é uma palavra que serve para animar, para estimular, assim como quando dizemos “vamos em frente”. Maria sempre pode nos ajudar, então ela é para nós uma advogada, que nos defenderá e nos recomendará a Deus. Basta orar sempre, pedindo sua proteção.

*Esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei!*

Você pede, com esta frase, que Maria volte para você seus olhos cheios de piedade, graça e perdão. “Voltar (ou volver) os olhos” significa ajudar, auxiliar. Ela nos guarda e protege.

*E depois deste desterro,*

“Desterro” quer dizer solidão, lugar longe da pátria, isolamento. Isso significa que, aqui na Terra, ainda não conseguimos construir nossa verdadeira pátria. Assim, “depois deste desterro” é depois de vivermos aqui de forma a merecer a vida eterna; isto é, após nossa passagem da Terra para o Céu.

*mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre,*

Nesta frase continua nosso pedido a Nossa Senhora: que ela nos mostre e nos mantenha firmes e corajosos, seguindo sempre os ensinamentos de seu filho, Jesus.

*Ó clemente, ó piedosa, ó doce, sempre Virgem Maria!*

Ao dizer estas palavras, está se referindo às qualidades de Maria, piedosa, doce, clemente, isto é, que tem piedade, doçura e bondade.

*Rogai por nós, santa mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.*

Aqui pedimos que ela nos recomende ao seu Filho, Jesus. Só assim poderemos receber o que Deus nos prometeu: um lugar no seu Reino. “Amém”, palavra que aparece no final de todas as orações, significa “assim seja.

Você deve ter percebido que esta é uma oração de súplica à Nossa Senhora e usa muitas expressões figurativas, manifestando a dor, a solidão das pessoas que muitas vezes estão sofrendo. A princípio, parece um tanto difícil, porque algumas de suas expressões não são empregadas com frequência na nossa linguagem comum.

Recomendo que você faça essa oração com constância, pois ela nos permite adentrar ao sobrenatural de Deus! Da mesma forma que a salvação do mundo chegou através de Maria, ela também pode adentrar em nossas vidas por meio de Nossa Senhora.

Quero aqui propor, nesse dia 12 de outubro, que você mamãe, papai, vovó, vovô, tio ou tia, padrinho ou madrinha, enfim, caso você tenha uma criança aí, pertinho de você, que você a consagre a Nossa Senhora Aparecida. Faça uma oração juntos, e mais do que brinquedos, ofereça *amor, carinho, respeito ! Ensine esta criança que está do seu lado a cultivar amor por Jesus e por Maria, plante nela a semente da fé e da religião!* Ah, e se você mulher e anseia pelo nascimento de uma criança e infelizmente tem tido dificuldades seja ela qual for, peça a Nossa Senhora que te ilumine, e se for da vontade de Deus, o dom da maternidade será concedido! *Peça a Mãe que o Filho atende!*

Assim me despeço de vocês desejando Fé, saúde, paz, amor e muita luz em nossas vidas.

Lembrem-se... Onde há oração há vitória! Continue orando!



63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Inscreva-se aqui para receber novidades sobre nosso site e eventos

  • Facebook
  • Instagram

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados