Sra. de Si e suas flores.

Olá querida leitoras!


Hoje dia 08 de Março, estou aqui, de coração aberto para ofertar a vocês meu profundo

sentimento de gratidão a todas as mulheres que fazem ao seu jeito, o florescer do mundo.


Data esta, tão especial, onde comemoramos as vitórias das mulheres tão fortes que enfrentaram as dificuldades e puderam vencer a si mesmas e a opinião alheia para colocar sua voz.


Independente do cunho comercial que alguns possam atribuir a essa comemoração, o que vejo, e sinto, é que seja uma oportunidade para olharmos com mais amor e acolher essa força que move a fertilidade e abundância nesse planeta.


Sim, o feminino, o feminino tão sagrado quanto o solo fértil que faz brotar semente para alimentar a humanidade. Esse feminino tão sagrado que encontro na tranquilidade da luz do luar, no acolhimento do útero da minha mãe, na prosperidade do movimento de expansão da Vida que se traduz em levar adiante aquilo que recebi e servir ao outro que virá.


E, em especial hoje, olhar com carinho e reconhecer o lugar desse projeto tão amoroso que é o Sra. de Si.


Um fruto que está completando um ano de sua existência e que trouxe por objetivo dar voz a histórias tão belas e generosas que servem de inspiração para aqueles que as acompanham. Um broto que vem apresentando flores tão formosas, flores que se manifestam de cores e tamanhos diferentes, cada uma com seu perfume e beleza tão singular.


Meu coração hoje está em festa, de poder perceber a evolução dessas mulheres que se dispuseram a contribuir doando um pouquinho do seu tempo, um pouquinho da sua história, um pouquinho dos seus talentos para contribuir com o outro e servir a Vida oferecendo o que de melhor elas tem em seu ser.


Olhando para esses 365 dias de existência, o que tenho para dizer a esse movimento: GRATIDÃO!


Gratidão por primeiramente proporcionar em mim reflexões tão profundas através dessas histórias e ensinamentos.


Gratidão por me oferecer uma oportunidade de vencer o meu medo de expor aquilo que há de mais íntimo em meu ser.


Gratidão pelos desafios de equilibrar meu tempo e me oferecer amigos que acreditam e se dispõem a participar dessa jornada e, em especial aqui a minha amiga e comadre LUCIANA BERTÉ, que tem a capacidade de tornar tudo mais alegre no caminho do fazer.



Gratidão a oportunidade de ouvir o meu coração e o coração de outras mulheres, assim poder me unir a elas e de forma tão leve encontrar caminhos para chegar a ser Sra. de Si.


Meu desejo é que esse movimento cresça e floresça ainda mais no coração de cada mulher, que possamos ampliar a nossa voz, unir mais histórias e vidas, trazendo conforto e leveza através do carinho e amorosidade de nossas palavras!



24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo