Filme: O Renascimento do Parto


(2013/1h 30min/Documentário)

Direção: Eduardo Chauvet

Nacionalidade: Brasil

Queridas leitoras, estamos no mês de maio, o mês das mães, e quero iniciar o mês convidando vocês a assistirem o documentário O Renascimento do Parto, uma produção brasileira disponível na Netflix.


Nesse primeiro de três documentários, mães e profissionais da área da saúde falam sobre suas experiências com as práticas da cesárea e do parto normal. O documentário traz as mudanças que a mulher moderna vem sofrendo na hora de decidir como dar à luz, substituindo o sagrado feminino do parto natural, por um procedimento cirúrgico feito para se encaixar nas agendas dos médicos.


Nós mulheres fomos levadas a acreditar que não somos capazes de parir sozinhas, quando na verdade esse é um processo natural que acontece a milênios, aos poucos fomos sendo subestimadas e sendo submetidas a procedimentos cirúrgicos invasivos e quase sempre desnecessários para que os nossos filhos venham ao mundo.


O filme fala sobre o poder de escolha, empoderamento e ativismo, com muitos depoimentos e cenas lindas de partos naturais cheios de amor e emoção, principalmente ao ver como todo o processo do trabalho de parto até o momento em que acontece o primeiro toque da mãe com seu filho é cheio de ternura, e focando na mulher como uma mãe protagonista no papel de trazer uma nova vida ao mundo, no tempo em que ela e o bebê estão prontos para que isso aconteça naturalmente.


O médico francês Michel Odent – disse: “para mudar o mundo é preciso mudar a forma de nascer”, cabe a nós mulheres sermos protagonistas de nossas vidas, e sermos mais protagonistas ainda na hora de trazer uma nova vida ao mundo. Esse protagonismo no parto faz a mãe se sentir mais confiante e capaz de cuidar do seu filho nesse momento que é tão único e especial.


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo