top of page

Disciplina, um caminho para o crescimento

Você já projetou uma meta em sua Vida, dedicou-se e alcançou seu objetivo?


Quem conseguiu sabe que o caminho nem sempre é fácil, porque muitas vezes pensamos em desistir e idealizar novas rotas. Entretanto, quando o objetivo final é realizado, a sensação de vitória e dever cumprido vale cada noite perdida, cada segundo de atenção dedicada. Para que possamos ser bem-sucedidos nessa empreitada, só existe um caminho: Disciplina.

Essa palavrinha tão pequena traz com ela tão grande valor. Ela tem sua origem etimológica no latim, e quer dizer “educação que um discípulo recebia de seu mestre”, o que, por sua vez, traz o significado da palavra “discipulus”, ou seja, “aquele que aprende”.

A disciplina carrega com ela a oportunidade de desenvolvimento e, à medida que a colocamos em prática em nosso dia-a-dia, estamos nos condicionando a aprender sempre, seguindo com firmeza em direção aos nossos objetivos, independente das adversidades que se apresentarem.

Ela está presente em nossas vidas desde que nascemos. Quando bebês, temos horários para mamar e dormir para que nosso corpo se desenvolva de uma maneira saudável. Crescemos um pouco e frequentamos escolas diariamente para aprender a ler, a se comunicar e a interagir com outras pessoas. A disciplina é extremamente necessária para garantir nosso convívio em sociedade, onde a autodisciplina nos mantém dentro de uma ordem estabelecida em um clã, grupo ou associação.

Ao tempo em que evoluímos, a disciplina estará mais presente em nossa rotina e se tornará mais rígida . Podemos observar que um atleta que sonha em conquistar uma olímpiada, treina a cada dia em um ritmo mais intenso e exaustivo, até que ele consiga superar suas limitações e alcançar a tão almejada vitória. Ela é um caminho para o crescimento, pois nos possibilita vencer nossas dificuldades e adquirir uma condição melhor, ampliando nossos limites.

Igualmente, para nossa evolução como ser humano, como pessoa - e aqui falo desse campo de entendimento, compreensão e de ampliação da consciência -, também precisamos de disciplina. Disciplina em nossos pensamentos, em nossos sentimentos e em nossas ações. O amor que está presente no universo traz com ele autocontrole e autodomínio, e quando nos conectamos com esse amor e alinhamos nossos objetivos em servi-lo, nossos pensamentos, sentimentos e ações também devem refletir sua disciplina com amorosidade.

Ao passo que crescemos em compreensão e adquirimos sabedoria, a falta de disciplina nos traz prejuízos. Por exemplo, quando nos desviamos desse amor e transitamos por pensamentos de exclusão, de julgamentos, quando olhamos para o outro e lhe desejamos algum mal, em primeiro lugar passamos a sentir uma confusão em nosso raciocínio, já não vemos as coisas com tanta clareza. A confusão, por sua vez, nos causa agitação, desassossego. Logo, a mente e o corpo não conseguem mais entrar em sintonia e isso pode ocasionar doenças e conflitos.

O que podemos então fazer para nos manter conectados com a disciplina que o crescimento reivindica? Concentrar nosso pensamento no Amor, que há em tudo que existe, assentir tudo como é, olhar para o outro da forma que ele é e aceitá-lo, lembrar-se daqueles que outrora haviam sido esquecidos, incluir em nosso coração aquilo que estava excluído, praticar a generosidade, ter compaixão.

Bert Hellinger ensina: “Como mantemos essa disciplina? Como respondemos a ela? Quando se inicia o retorno a sintonia desse movimento? (...) quando retornamos o nosso pensamento ao amor e começamos a pensar como ele, nós passamos a pensar com benevolência, benevolência para todos. Depois disciplina e com esta resposta a ela, nós mudamos. Somos mais puros, estamos mais livres e mais claros em nosso amor".




11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page